Sesc Santana tem várias mostras

Imagem

Giramundo – Exposição de teatro de bonecos

 

O Sesc Santana tem várias atrações para quem gosta de arte, todas com entrada gratuita. “Uma Volta ao Giramundo” celebra os 40 anos do grupo mineiro Giramundo Teatro de Bonecos com a exibição de 52 bonecos de dez espetáculos. “Despertar / Éveil” reúne seis instalações cinéticas e robóticas inspiradas no mundo orgânico. Rafael Sliks exibe a intervenção “Sobreposições Urbanas”. Ainda há fotos de Márcio Távora e grafites de Apolo Torres e Marcio Moreno L.

A mostra do Giramundo, até 25/05/2014, conta com bonecos de espetáculos representativos da história do grupo (de 1971 a 2007). Como exemplos, “Cobra Norato” (1979), “O Guarani” (1986), “A Flauta Mágica” (1991), “Os Orixás” (2001) e “Pinocchio” (2005).

Durante 30 anos, a marca dos bonecos do Giramundo foi o caráter artesanal de criação, com sofisticados aspectos plásticos e de movimento. Em agosto de 2003, entrevistei Álvaro Apocalypse (1937-2003), menos de um mês antes da morte dele que foi cofundador do grupo. Na ocasião, ele me falou sobre a feitura dos bonecos: “A principal forma de expressão deles é a movimentação. No entanto, eles causam impacto visual em repouso porque são concebidos como se fossem esculturas”. Na última década, esse raciocínio foi alterado e os bonecos, além de artesanais, passaram a ser também multimídia: somou-se o uso de computadores. Os designers e animadores do grupo agora misturam também teatro de bonecos e cinema.

A mostra “Despertar / Éveil”, até 01/06/2014, discute os limites do orgânico e da máquina por meio de instalações de Ingrid Bachmann, Steve Daniels, Jane Tingley e Jean-Pierre Gauthier, do Canadá, além de Paula Gaetano-Adi (Argentina) e Chico MacMurtrie (EUA). A partir do uso de diversos tipos de tecnologia, as obras se movem e reagem à presença humana.

Rafael Sliks exibe até o dia 30/04/2014 a intervenção “Sobreposições Urbanas”, feita em paredes do Sesc. O trabalho em grafite é composto por uma sobreposição de linhas em tons vermelhos que cria uma textura abstrata e proporciona uma espécie de experiência imersiva, como se o público fosse coberto pelas tramas de um tecido.

Já o Sesc Vitrine, galeria de rua da unidade que pode ser vista 24h por dia, recebe até 13/05/2014 mais uma edição do projeto “A Paisagem da Cidade”, com imagens de Márcio Távora. No muro da Rua Viri, ao lado do Sesc, até 20/07/2014 e também durante 24h por dia, é possível conferir o trabalho dos grafiteiros Apolo Torres e Marcio Moreno L.

Sesc Santana. Av. Luiz Dumont Villares, 579. Tel. 2971-8700. Mostra do Giramundo: ter. a sex., das 10h às 21h; sáb. e dom., das 10h às 18h. Mostra “Despertar”: ter. a sáb., das 10h às 21h; dom., das 10h às 19h. Mostra de Rafael Sliks: ter. a sáb., das 10h às 20h; dom., das 10h às 17h. http://www.sescsp.org.br

|

Texto de Everaldo Fioravante publicado em 08/04/2014 no jornal ‘Metrô News’ ( http://www.metronews.com.br ).
Foto: Marcos Malafaia

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s