Obras-primas italianas no CCBB-SP

Cristo _ pintura de Rafael _ credito Divulgação

Cristo – Pintura sobre madeira de Rafael

 

A exposição ‘Mestres do Renascimento: Obras-primas Italianas’, em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) de São Paulo (SP) até o dia 23/09/2013, com entrada gratuita, aborda um importante período da história italiana e da arte mundial, entre os séculos 15 e 16. A arte renascentista, que teve como berço a cidade de Florença, resgatou a antiga cultura greco-romana e colocou as bases para o surgimento da cultura moderna. A mostra reúne 57 obras de museus e coleções particulares da Itália, a maioria pinturas sobre madeira e sobre tela, as quais representam cenas bíblicas e retratam nobres, políticos e religiosos.

A mostra tem seis núcleos referentes a centros regionais: Florença, Roma, Urbino, Milão, Ferrara e Veneza. As obras são assinadas por artistas como Leonardo da Vinci, Michelangelo, Donatello, Rafael, Botticelli, Andrea Mantegna e Ticiano. A curadoria é da historiadora da arte Cristina Acidini (superintendente para o Patrimônio Histórico, Artístico e Etno-antropológico e para o Museu da Cidade de Florença) e de Alessandro Delpriori (estudioso do Renascimento).

“São quase todas obras-primas. O ‘Cristo Abençoando’, de Rafael, é uma das mais belas pinturas do Renascimento. Além das obras originais, preparamos para a mostra um vídeo com um ou mais trabalhos representativos de cada pintor, o qual também aborda os afrescos, a arquitetura e as cidades italianas, para assim reconstruir o contexto do Renascimento e dar ao visitante brasileiro a possibilidade de compreender melhor a cultura italiana”, explica Delpriori.

“A exposição evidencia a pluralidade dos centros italianos, das interpretações culturais e políticas que deram vida ao Renascimento. Destaca as relações mas também as diferenças entre os diversos centros regionais”, diz Luciano Migliaccio, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP e professor visitante de pós-graduação do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Unicamp (Campinas/SP), doutorado em História da Arte Medieval e Moderna pela Università degli Studi di Pisa (Itália).

Marcos Mantoan, diretor do CCBB-SP, considera a exposição “um recorte muito especial deste que é considerado o principal movimento artístico da história da arte”. Após a estadia em São Paulo, a  exposição segue para o CCBB de Brasília. Segundo Mantoan, a realização da mostra nas duas unidades do centro cultural tem orçamento de R$ 6,5 milhões.

|

CCBB-SP – Rua Álvares Penteado, 112, Centro, São Paulo (SP), tel. 3113-3651. Seg., qua. e qui., das 10h às 22h; sex., das 10h às 23h; sáb., das 8h às 23h; dom., 8h às 22h. Grátis. http://www.bb.com.br/cultura

|

Texto de Everaldo Fioravante publicado em 10/09/2013 no jornal ‘Metrô News’ ( www.metronews.com.br ).

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s