Brasileiros e estrangeiros em diálogo no Sesc Pinheiros

vaivem _ blog

Residência artística – Projeto aposta na troca de ideias

 

O Sesc Pinheiros realiza o projeto ‘Vaivém’, no qual quatro artistas paulistanas baseadas em São Paulo (SP) convidaram quatro estrangeiros para residência artística na cidade. Os oito trabalham em um ateliê coletivo aberto à visitação do público até 08/09/2013. O evento tem entrada gratuita.

Ana Teixeira (1957), Iara Freiberg (1977), Kika Nicolela (1976) e Renata Padovan (1956), que recentemente participaram de residências em diferentes partes do mundo, recebem agora quatro artistas que conheceram durante essa vivência no exterior: respectivamente, a chilena Cláudia Vásquez (1981), a norte-americana Thenjiwe Nkosi (1980), radicada na África do Sul, o japonês Nobuhiro Ishihara (1966) e a turca Nezaket Ekici (1970), residente na Alemanha.

No ateliê, o público tem acesso aos artistas e ao processo criativo deles. Os oito participantes têm acompanhamento do crítico de arte catarinense Josué Mattos (1982) e do convidado dele, o crítico francês Tristan Trémeau (1969).

Após o período criativo, os resultados são apresentados em exposição de 11/09/2013 a 06/10/2013. As obras em produção levam em conta o processo de trabalho no contexto local (São Paulo) e questões contemporâneas como migrações, multiculturalismo, territorialidade, identidades e fronteiras.

O conceito de residência artística consolidou-se sobretudo a partir dos anos 1980, inicialmente em cidades da Europa, Estados Unidos, Canadá e Japão. É uma espécie de versão contemporânea das antigas bolsas de viagens. São ambientes de criação e difusão de arte. O objetivo é promover o intercâmbio cultural, a partir da ideia de que os artistas se desloquem geograficamente e desenvolvam produções em um novo contexto, explorando as especificidades do lugar, das pessoas e das experiências estéticas.

Em São Paulo, há residências para estrangeiros como a da Faap (Fundação Armando Alvares Penteado) e o LabMIS (Laboratório de Novas Mídias do Museu da Imagem e do Som). Já para brasileiros interessados em participar de residências no exterior, no país há opções como a bolsa promovida pela Fundação Iberê Camargo, de Porto Alegre (RS).

Em geral, a participação em residências é feita por meio de seleção e elas oferecem espaço (ateliê), materiais e equipamentos para a produção artística, transporte, hospedagem e valor em dinheiro.

|

Serviço

Sesc Pinheiros: Rua Paes Leme, 195, São Paulo (SP), tel. 3095-9400. Projeto ‘Vaivém’. Residência em ateliê com visitação pública: até 08/09/2013, de ter. a dom., das 10h30 às 18h30. Exposição: de 11/09/2013 a 06/10/2013, de ter. a sex., das 10h30 às 21h30, e sáb. e dom., das 10h30 às 18h30. Mais informações: http://www.sescsp.org.br e http://projetovaivem.wordpress.com

|

Texto de Everaldo Fioravante publicado em 27/08/2013 no jornal ‘Metrô News’.

|

Foto: Divulgação

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s